terça-feira, dezembro 4

Teófilo


Cuspia no chão sempre que passava pelo padre da vila. Tirava a velha boina basca, pousava-a sobre o lado esquerdo do peito, aquele onde acreditava ter o coração, e cuspia. E ficava, hirto, de boina ao peito  e de olhos fixos no padre que atravessava a estrada. És doido, diziam abanando a cabeça. Não, respondia. Sou um homem de fé. E as mulheres de negro benziam-se. Ou beijavam a cruz, se a trouxessem ao peito. O que sabes tu de fé, homem? Tu que cospes aos homens de Deus? E ele guardava a boina no bolso das calças e lembrava-se.  Lembrava-se da tia, que sempre fora velha, e que acreditava que era a humidade da igreja que lhe causava a bronquite. Mas ainda assim, levantava-se cedo todos os Domingos para fazer a  canja com hortelã e leite creme para  o almoço, que Deus-nosso-senhor, tudo vê e tudo sabe, é maior que todas as maleitas. Que sabes tu de fé homem? Tu que dois dias depois de fazer nove anos, na missa de Domingo, cuspiste ao padre, quando te estendeu o cesto das oferendas? Ficara sentado de rosto e orelhas ardendo pela mão envergonhada da mãe, esperando que Ele viesse, Ele, que tudo via e sabia, teria de vir cheio de fúria divina. Mas não viera. O que sabes tu de fé, homem?  És doido, diziam na vila. E ele sorria e dizia baixinho: Tenho é fé. Que o sacana ainda um dia me aparece.

Deserto do Mundo, Março de 2011


Leite creme de laranja



 400ml de leite
200ml de natas
6 gemas
2 colheres de sopa de farinha de trigo
160g de açúcar
1 colher de sopa de licor de laranja
Casca de uma laranja


Leve o leite e as natas ao lume com a casca da laranja até levantar fervura. Retire do lume e deixe repousar uns 15 minutos. Bata as gemas com o açúcar, a farinha e o licor. Junte o leite leve ao lume até engrossar. 
Deite em recipientes baixos e deixe arrefecer completamente  Polvilhe com açúcar e queime com um maçarico ou ferro de queimar.

10 comentários:

OnePlusTwo disse...

Olho para estas fotos e parece que ouço o som da colher a bater nessa capinha de açucar. God! Que delicia!

oneplustwoblog.blogspot.pt

Ana Cooks disse...

eu adoro essa capinha caramelizada...mas a minha nunca sai assim bonita! :)

Candy Love disse...

Que aspecto delicioso! E essa capa caramelizada por cima... nhamiii
Beijinhos

Ricardo Tiago disse...

hummm. gostei muito da proposta.
Beijinhos

Antonio Batalha disse...

Estou a visitar alguns blogs, e tive o privilégio de encontrar o seu, vi na pagina inicial o que escreveu, e como gostei folheei mais algumas páginas e fiquei maravilhado pelo que vi e li.
Dou-lhe os parabéns, mas queria deixar um apelo continue assim dando sempre o melhor, boas mensagens, bons temas. Gosto de escrever, mas também gosto de ler bons temas, por isso é que parei aqui.
Meu nome é: António Batalha.
Sou um servo de Deus,e deixo aqui a minha bênção,que haja paz,amor na sua vida, muita saúde e felicidade.
PS. Se desejar seguir meu blog faça-o de forma a que eu possa seguir o seu blog também.

Cuca disse...

Descrevo o aspecto deste leite creme numa única palavra: delicioso!!!

Beijinhos*

Babette disse...

Que maravilha de receita ;)
Babette

Luis Eme disse...

há homens assim...

sobra o leite-creme.

beijinhos Cristina

Susana Machado disse...

É este tipo de fotos que eu tenho de evitar... sem dúvida que engordei uns bons quilos... e o pior? é que sou fã de leite creme, e só de ver tenho vontade de fazer já amanha!!
Beijinhos

maria madeira disse...

Este apetece-me experimentar, apesar de nunca ter experimentado o ferro de queimar. Cativou-me o incluir o licor de laranja.
Quanto ao ferro de queimar há sempre uma primeira vez...