domingo, março 25

Uma história sem idade.

Não acertava os relógios, os inúmeros relógios que tinha espalhados pela casa. Deixava-os assim, uns com hora de Verão, outros com hora de Inverno. Da janela da casa branca onde vivia, via-se a aldeia que só contava histórias de granito e de gente pobre. Afastava o cortinado de linho bordado num enxoval qualquer e ficava a ver as pessoas, iguais a tantas outras pessoas a passarem ao longo do tempo da sua casa. As pessoas lá em baixo olhavam-no. É o velho da casa branca. Os que o pensavam louco tinham medo. Os que não tinham,  inventavam-lhe proezas e anos que nunca haveria de ter. Atrás da janela do velho, ao fundo da única sala sem relógios havia um sofá de flores, que pareciam camélias por desbotar. Nesse sofá sentava-se uma mulher sem rosto que fazia todos os dias bolos para um chá onde não aparecia ninguém. Tendia-os nas mãos com o carinho de quem nunca afagara mais nada para além de açúcar e farinha. Depois servia-os num prato de  rebordo dourado e trazia-os pelo corredor escuro,  arrastando o cheiro a limão por entre a corda dos relógios que ficava por dar. O velho fechava a cortina da janela e esperava a badalada de uma qualquer hora para se sentar. Cá fora, para além dos cortinados de linho corria um tempo de sessenta partes que se media em rostos iguais.

Bolachinhas de limão com lemon curd


175g de manteiga sem sal
225g de farinha sem  fermento
100g de açúcar em pó
75 g de amêndoa moída
1 colher de chá de raspa de limão
1 colher sopa de sumo de limão
1 ovo grande
1 colher de chá de fermento em pó
Pitada  de sal fino
1 chávena de lemon curd

Deite o açúcar com a amêndoa num robot de cozinha e misture-a bem. Junte a manteiga bem amolecida e bata bem. Junte o ovo, a raspa  e o sumo de limão e bata. Adicione a farinha, o sal e o fermento. Lev e ao frio pelo menos uma hora. Depois tenda bolinhas, achate-as na mãos e com o indicador faça um buraco no meio. Coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal e com preencha os buracos com lemon curd. Leve-as a forno pré-aquecido durante cerca de 15 minutos e depois de frias polvilhe-as com açúcar em pó.

Esta receita foi mais uma contribuição para o desafio Dorie às Sextas

19 comentários:

CF disse...

Lindo. Ainda para mais eu que adoro histórias de casas velhas, gente velha, e afins. Viajo sempre no tempo com elas...

Lilia disse...

Ficaram com um aspecto fantástico! Com amêndoa também devem ficar deliciosas :)
Bom domingo! Beijinhos

http://cozinhalilia.blogspot.pt/

Teresa disse...

Se eram estas as bolachinhas que a mulher sem rosto levava ao mago do tempo, ele ficava muito bem servido. Onde arranjo o lemon curd?

CNS disse...

Olá Teresa.

O lemon curd, faço-o eu. Na receita vem o link para receita de lemon curd. No entanto há à venda em alguns supermercados ( penso que no Jumbo há)

Bom domingo!

foodwithameaning disse...

Acho que nunca lhe disse, mas passo por cá muitas vezes pelas histórias que escreve e que me fascinam. Depois vêm as receitas, que me deliciam também, como estas bolachinhas bem originais, com lemon curd. Não sei se terei tempo de participar desta vez.
Um abraço
Patrícia

Blondewithaphd disse...

Eu a bem dizer, vejo "lemon curd" e adoro logo! (nunca experimentei fazer bolachas, pode ser que um dia...)

Maria disse...

Excelente post. Parabéns!
Beijo
Maria

mfc disse...

E o tempo passa lento, quando queremos que passe rápido!
É sempre assim! É impossível negociar com o Tempo!

Essas bolachinhas de limão...hummm... são uma delícia!
Ahhh... e que cheirinho a docinho acabado de fazer!!

Beijos.

Gisela disse...

O limão deve ficar perfeito nestas bolachas. Uma boa escolha
Um beijinho

Ilídia disse...

Uma ternura, esta história. Da próxima vez que visitar uma destas aldeias históricas, olharei bem para as janelas. A ver se se encontro, a espreitar detrás de uma cortina de renda, este senhor que faz estas bolachinhas deliciosas:)
Um beijinho e continuação de bom domingo.
Ilídia

Lenita disse...

Olá,
Hoje entrei aqui, por acaso.. o nome atraiu-me!
Maravilhosos o seu blog!
Ótimas sugestões e fotos lindas!
Bjs.

Letrícia disse...

Amêndoas e lemon curd... delicioso :-)

Manuela disse...

Muito bom, como sempre!
Bjnhos

Carla disse...

Como seria viver sem tempo, sem relógios a marcarem os nossos passos?
Gostei muito da história e das bolachas. Adoro lemon curd. Devem ter ficado perfeitas em sabor.
Beijinhos

luci disse...

Que delícia,adorei o seu blog beijos

Mané disse...

mais uma boa história, e umas bolachinhas para a Dorie´s
:) :)

George Sand disse...

Deixo sempre o relógio do carro, com a hora de verão...e o do telemóvel, com a hora de Inverno...vai-me recordando o tempo que já não volta a passar. :)

Luis Eme disse...

tanta magia a açúcar nas tuas palavras.

beijinhos Cristina

Pipas disse...

estas e as de chocolate foram as minhas favoritas :)))
beijocas