quarta-feira, abril 11

Laura


Usava tranças e tinha o rosto coberto de sardas. Levava maçãs para a escola. As mesmas que a mãe dela usava para fazer tartes E havia fumo sempre a sair da chaminé. A avisar que naquela cabana havia uma história. Do outro lado do ecrã, havia eu entre o sofá do canto e uma infância suburbana. Havia o Verão a começar para lá da varanda do segundo andar. As paredes quentes dos prédios espreguiçavam -se nas sombras da calçada. O que é uma pradaria, mãe? É um sítio sem árvores, na América. Deste lado do oceano e do tempo, não havia chapéus presos por fitas no pescoço, nem livros presos por cordéis. Chamava-se Laura e corria por entre gramíneas, que nesse tempo para mim eram apenas espigas, numa terra sem a sombra das árvores das quais eu ainda não sabia o nome. E imaginava o cheiro a maçã e canela por trás da porta de madeira que rangia. Na sala, o estalido da velha ventoinha a girar, tentando afastar o calor de Lisboa. Fazes tarte de maçã, mãe? Está calor para tartes. Come antes um gelado.


Gelado de tarte de maçã


 (aproximadamente  um litro de gelado)

400ml de natas
500ml de leite
6 gemas
200g de açúcar + 3 colheres de sopa
2 maçãs granny smith
30 g de manteiga sem sal
1 colher de sopa de vinho do porto
1 pau de canela
Bolachas de canela

Corte as maçãs em cubinhos. Leve a manteiga e as 3 colheres de sopa de açucar a caramelizar. Quando fizer caramelo junte as maçãs e o pau de canela e deixe-as caramelizar bem. Retire de lume e junte a colher de sopa de vinho do porto. Reserve
Leve metade das natas, do leite e do açúcar ao lume até levantar fervura. Depois adicione as restantes natas e leite. Bata as gemas com o restante açúcar e  vá adicionando a mistura de  natas e leite a poupo e pouco às gemas. Leve o preparado ao lume até engrossar um pouco. Junte o caramelo de maçã e deixe arrefecer completamente no frio. Depois leve à sorveteira e sirva com bolachas de canela picada.


Esta história de ler de comer é a minha participação no desafio Convidei para Jantar.., que tem agora como anfitriã  a Su do Suvelle Cuisine. O tema desta vez eram personagens de desenhos animados. Fugi um bocadinho, mas " Uma casa na pradaria" foi uma das série preferidas da minha infância e cpmvidei para jantar a Laura Ingalls de Uma Casa na Pradaria.





11 comentários:

CF disse...

Não houve fuga alguma. Essa série foi da infância de muitos de nós. Boa sorte para o projecto. E parabéns :)

Susana disse...

Gelado de maçã e canela! Não. Esse vai sair da minha cozinha para o verão! Adorei a partilha... até parece que lhe sinto o sabor :)

Beijinhos e parabens pela participação ;)

Elphaba J. disse...

O texto está muito engraçado e o gelado parece ainda mais apetitoso :) Estou ansiosa por experimentar!

Cidália disse...

Gelado de maçã e canela só pode ser delicioso!
beijinhos

saborescomhistoria disse...

Fantástico. Fiquei literalmente a imganinar-me a usar uma tarte de maçã para fazer gelado. Perfeita combinação... e se for gelado melhor.

Vera Ferraz disse...

Hum.... acho que estou a salivar! Está com um aspeto maravilhoso e só apetece "meter" a colher e roubar um bocadinho!
Bjinhos

Susana Gomes (Gasparzinha) disse...

Eis um gelado que está memso ao gosto aqui de casa! Que delícia. :)
Bjs

♥♥ belinhagulosa ♥♥ disse...

Mas que aspeto fantástico, deve ser muito bom mesmo, blogue maravilhoso...bjs

Su disse...

É verdade que fugiste um pouco ao tema... mas sabes que mais? Consigo perceber inteiramente porquê. A casa na Pradaria também foi uma série que me marcou muitíssimo, adorava a Laura e adorei ver como ela cresceu e de uma menina com umas belas favolas saídas, se tornou uma mulher linda e interessante.
Com toda a certeza ela iria adorar este fantástico gelado ;)
Obrigada pela participação :)

maria madeira disse...

E por acaso existe algo melhor que cheiro a maçã e canela. Seja tarte, seja chá, seja um simples ambientador natural para a casa. O que quer que seja. Texto apetitoso e foto que se pode saborear:)

mfc disse...

A melancolia das imagens que não voltam e a ternura dos diálogos que se repetem apenas nas nossas memórias!
Um texto lindo com sabor gostoso a torta de maçã e ao seu cheirinho bom!

Beijos,