terça-feira, janeiro 22

Vocês sabem lá



Arrendara os três quartos ao fundo do corredor a professoras. Só mulheres, que não quero cá homens em casa, para isso bastou-me o falecido. Ela ficara com salinha pegada com a cozinha, onde tinha  um velho gira-discos que já  só funcionava a 42 rotações, mas não fazia mal,  que ela só tinha discos dos pequenos. Tinha também uma  televisão em cima de uma camilha coberta com uma tolha de renda que trouxera no enxoval, já não se fazem peças assim. A salinha tinha uma janela de guilhotina que dava para o parque, que ela abria para pôr as mantas a arejar, enquanto ouvia o disco da Maria Fátima Bravo.  Saía às sextas para ir arranjar o cabelo arroxeado e armado com laca ao cabeleiro que ficava do outro lado do mercado. Pode-me trazer maracujás,  meio quilo é suficiente, por favor? Pedia uma das doutoras que nascera  numa das ilhas dos Açores, a maior, que ela só se lembrava que tinha nome de Santo, malvada da memória que a traía a uma velocidade diferente do presente.  Ela trazia-lhe um saquinho de plástico de asas, mas isto são maracujás a mais, dizia a doutora carregando no u, e  ela, com a mão trémula punha a agulha do gira discos a custos, é um quilo bem pesado e aos primeiros versos cruzava as mãos no ventre e dizia, esta rapariga cantava muito bem.

Curd de maracujá



1 lata de polpa de maracujá
4 gemas
2 ovos inteiros
80g de manteiga
175g de açúcar

Bata as gemas e os ovos inteiros com o açúcar. Junte a polpa de maracujá coada, sem sementes. Leve a lume muito brando juntamente com a manteiga cortada em pedacinhos e deixe engrossar sem levantar fervura. Deite em frascos esterilizados.

Adaptado de  Passionfruit curd de Nigella Lawson

15 comentários:

Entre Tachos e Sabores disse...

Que maravilha, o meu marido é "doido" por maracujá, deve ir adorar este curd, vou levar a receita:)

Beijinhos,
Joana

Marlene Teixeira disse...

Gostei bastante deste curd!
De maracujá é novidade para mim!*

frango do campo disse...

maracujá! como não adorar o fruto da paixão :)
beijinhos

Cozinhar sem Lactose disse...

Que aspeto delicioso! Adoro curds, de maracujá nunca experimentei, mas cheira-me que será já o próximo!

Joana disse...

Mracujá, dos meus frutos preferidos :) Está maravilhoso, tal como o texto!
Um beijinho

maria madeira disse...

Adorei o texto. Quase que conseguimos ver o cabelo "arroxeado" da senhora:)

Sumo de maracujá fresco no verão é a do melhor que existe.

Receita bem simples e tentadora.

maria madeira disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Ondina Maria disse...

de todas as coalhadas, essa ainda não saiu desta cozinha. E aqui somos fãs de maracujás...

Mafalda disse...

Que bom aspecto.. adoro macacujá e adoro a Nigella, por isso esta receitinha é a minha cara.. :)
beijinhos

Anónimo disse...

Boa noite,

É possível fazer o curd com polpa de maracujá congelada? http://www.jbaptista.com/images/polpa_maracuja.jpg

Beijinhos,
Ana

CNS disse...

Bom dia Ana

Penso que sim, desde que a deixe previamente descongelar à temperatura ambiente.

Blondewithaphd disse...

Nigella + A Pequena = hmmmmm...

Rosa Santos disse...

Olá!
Passeei no seu blog e gostei muito.
Que bom, poder fazer curd de tantos frutos, no passado os ingleses era quase só o limão que utilizavam.
Parabens.
Beijinhos

Salsa Verde disse...

Sinceramente, nem sei que comente, ou que goste mais, se dos textos fabulosos, ou , neste caso, do fantástico curd de maracujá!!
Parabéns pela inspiração e criatividade e obrigada pela partilha.
Beijinhos,
Lia.

Ana disse...

Adoro curd de limao. Mas este parece-me tao bem para brindar ao verão que esta quase, quase a chegar ;)